storytelling-impacto-social
Conteúdo para ONGS

Eleve as suas histórias de impacto social com o Storytelling

O storytelling para impacto social pode ser uma poderosa ferramenta para cativar apoiantes e consciencializar o público sobre as suas causas. Afinal, ele ajuda a inspirar mudanças sociais e gerar transformação positiva na sociedade. 

Neste artigo vamos explicar como pode usar o storytelling para divulgar os casos de sucesso da sua organização social. Com isso, pode mostrar ao mundo o trabalho que realizam e criar uma maior ligação com o seu público, encorajando-o a agir e ser um agente de transformação social.

O que é storytelling? 

Storytelling é, como o próprio termo em inglês indica, contar histórias. Na técnica, isso ocorre de uma forma mais profunda, envolvendo a nossa audiência a nível emocional com a mensagem que queremos transmitir. 

Desde o início dos tempos que as histórias têm sido utilizadas para comunicar e passar informações de boca em boca e geração em geração. Esta forma de comunicar é muito popular porque é agradável, estimula a nossa imaginação e permite reter detalhes e ideias mais facilmente. 

Todos adoramos histórias. Por isso gostamos de ler e ver filmes nos nossos tempos livres. Somos transportados para um novo mundo onde choramos e rimos com as personagens e os acontecimentos e vivemos de perto a narrativa contada.

Da mesma forma, com o storytelling é possível contar e adaptar histórias para ajudar empresas e organizações a transmitirem as suas mensagens de forma inesquecível. A técnica cria ligações emocionais com o seu público. Normalmente, todas as narrativas usadas em storytelling seguem eventos com início, meio e fim. Além disso, recorrem a personagens, ambientes e conflitos para transmitir a mensagem chave que querem partilhar.

Veja abaixo um exemplo de vídeo que utiliza a técnica de storytelling. Neste caso, a empresa de carros Volkswagen anuncia o fim da produção de um de seus icônicos veículos no Brasil: a Kombi. Observe a forma como o comunicado é humanizado, e como gatilhos de empatia são ativados ao longo da história:

De seguida, vamos perceber como o Storytelling pode ajudar a sua organização social a criar uma maior ligação, partilhar a sua missão e mensagens-chave com o público.

Storytelling para impacto social: como a ferramenta pode ajudar as OSCs na sua missão

O storytelling é uma ferramenta poderosa que ajuda as OSCs a contarem as suas histórias e inspirarem a sua audiência a agir e criar transformação social. 

Se ainda não usa storytelling na sua comunicação para gerar impacto social, este é o momento ideal para começar. As pessoas procuram cada vez mais ter propósito nas suas vidas, principalmente durante este período de pandemia que expôs desigualdades e problemas da sociedade. Mais do que nunca, estão recetivas a ouvir sobre boas causas e histórias inspiradoras e querem encontrar formas de contribuir para um futuro melhor.

Com o storytelling pode:

  • falar sobre a sua missão e as causas que defende;
  • explicar porque é importante ajudar;
  • mostrar várias perspetivas sobre um mesmo tema (através dos olhos de quem ajuda ou quem é ajudado, por exemplo).

Tudo isso sempre humanizando as informações e apelando aos sentimentos para uma mudança positiva no mundo. 

Esta é uma boa forma de explicar ideias complexas ou abstratas de forma simples e apelativa. A técnica também ajuda a introduzir um novo tópico de conversa necessário para a resolução da sua causa. Ou ainda, partilhar lições e aprendizagens decorrentes de projetos com doadores, colegas e outras audiências-chave. 

Vai, também, ajudar a comunicação da sua OSC a ser:

  • apelativa;
  • clara;
  • acima de tudo, memorável.

Ao contarmos uma história sobre a sua causa, vamos atribuir nomes e caras a ideias que antes eram apenas abstratas. Vamos apelar ao imaginário coletivo e humanizar ações e necessidades, criando uma maior proximidade com quem nos ouve e inspirando a mudança social. 

Resumindo: o storytelling para impacto social te ajuda a…

  • Partilhar mensagens: É muito mais fácil partilhar uma mensagem quando está inserida numa história. Diariamente, jornais e televisões bombardeiam as pessoas com milhares de informações e factos. Por isto, o público está cada vez mais imune e apático às suas mensagens. Através de narrativas de storytelling é mais fácil quebrar essa barreira e comunicar de forma eficiente.
  • Ser memorável: As boas histórias despertam o interesse do público, gerando identificação com o que está a ser contado. Essa conexão torna a história memorável e, muitas vezes, leva o leitor a vibrar com cada conquista ou desafio que a personagem encontra. É quase como se as estivesse a viver também. 
  • Despertar emoções: As histórias mexem com o nosso lado emocional. Segundo um estudo realizado pelo neurocientista Paul Zak, o storytelling pode causar reações químicas no cérebro que aumentam a memória, empatia e compreensão e inspiram a ação. Nesse estudo foi observado que os níveis de cortisol e oxitocina, ligados à angústia e empatia, aumentaram significativamente nas pessoas que viram um vídeo comovente que usava o storytelling. Muitas agiram de modo a ajudar o protagonista da história quando lhes foi dada essa possibilidade.

O que contar com o Storytelling?

  • Histórias de beneficiados: o testemunho de pessoas que foram impactadas pelo trabalho da OSC são a forma mais eficaz de utilizar o storytelling para gerar impacto social. Muitas vezes, quem foi beneficiado com a ajuda de uma organização social está bastante motivado a contar a sua história. Funciona como uma forma de agradecimento e de exemplo de esperança.
  • Histórias do Staff: os colaboradores e voluntários que gere e estão no terreno conhecem como ninguém os principais problemas e necessidades da sua causa. Através das suas histórias é possível mostrar, de forma mais pessoal, os bastidores da sua OSC e como funcionam os projetos que desenvolvem junto das comunidades vulneráveis. Se for possível, peça-lhes para partilharem o caminho e as motivações que os levaram a trabalhar para a sua OSC e porque escolheram ajudar essas causas. De certeza que vai encontrar histórias inspiradoras que vão criar uma forte ligação emocional com o público.
  • Histórias de stakeholders ou apoiantes: Quando alguém fora da organização partilha um testemunho positivo sobre a sua OSC, confere-lhe maior confiança. Pedir aos seus apoiantes ou stakeholders um testemunho sobre o trabalho da organização social é, também, uma forma de valorizar o apoio e dedicação que dão à sua causa e de motivar outras pessoas a ajudar.

Elementos do storytelling: o que não pode faltar em sua história

Agora que já sabe que tipos de histórias pode partilhar com o storytelling, vamos explicar que estrutura deve seguir para captar a atenção do público e envolvê-los com a sua narrativa.  

Todas as histórias devem seguir uma estrutura que tenha um início, meio e fim e, de forma simplificada, apresente um problema, encontre a solução e termine com o apelo à ação. Isto significa que ao longo da sua história, os protagonistas devem ultrapassar uma ou várias adversidades e alcançar um objetivo importante. Esta estrutura ajuda a relacionar o trabalho da sua OSC com os valores e desejos do público, comunicar as mensagens-chave para a sua causa e motivar as pessoas a apoiar a sua organização. 

Vejamos, de seguida, que elementos devem estar presentes em cada uma das 3 fases:

1. Início

A sua história deve começar por apresentar um problema. Uma pessoa beneficiada pode dar um breve contexto sobre a fase negativa que passou antes de ser apoiada pela OSC ou, no caso de um membro do staff ou apoiante, pode falar sobre o momento que os inspirou a juntarem-se a esta organização para solucionarem um problema. Nesta fase é importante que o público perceba a necessidade de ajuda que existe e a importância desta causa.

2. Meio

No meio da história apresente a solução para o problema. O beneficiado pode explicar como conseguiu ajuda para ultrapassar a situação negativa em que se encontrava e que apoio recebeu da organização nesse sentido. No caso de histórias dos membros do staff ou apoiantes, podem explicar, nesta fase, quais os passos dados para resolver um problema e que papel desempenharam nessa ajuda. 

3. Fim

Deve terminar a história de forma positiva, mostrando como a sua organização social está a fazer a diferença no mundo e inspirando o público a ser, também, um membro transformador na sociedade. 

Nesta fase, o público criou uma ligação emocional com a sua história e quer contribuir para a causa apresentada, por isso, é muito importante incluir informações sobre o que devem fazer, de seguida, para ajudar: adicione um link para fazerem uma doação ou contribuírem para uma campanha de crowdfunding, reencaminhe para um formulário de voluntariado ou outra ação solidária que contribua para solucionar o problema.

Existem estruturas mais complexas que podem ajudar a fazer o seu storytelling de impacto social. Estas estruturas podem ajudar quando o modelo apresentado acima já estiver assimilado. Este modelo segue uma estrutura simples e fácil de aplicar que é ideal para as organizações que estão a dar os primeiros passos com esta estratégia.

Onde deve partilhar as suas histórias

Agora que já criou as histórias é hora de partilhar e inspirar o máximo de pessoas a agir. 

Existem várias opções que deve considerar de acordo com a estratégia de comunicação da sua OSC:

Blog da sua organização social

Os blogs são uma ferramenta essencial para promover os seus conteúdos, partilhar novidades e chegar a pessoas que ainda não conhecem a sua organização. Este é o lugar privilegiado para educar a sua audiência sobre a sua causa, os projetos que realizam e partilhar histórias e experiências. 

Enviar por e-mail para a sua base de dados

Esta é uma forma muito eficaz de comunicar com os apoiantes da sua organização, especialmente com aqueles que já demonstraram interesse na causa, mas não seguem de perto as iniciativas solidárias. Partilhar a sua história com este público vai ajudar a aumentar a probabilidade de agirem para ajudar a sua OSC, já que possuem uma ligação emocional anterior que pode ser ampliada com este novo conteúdo.

É importante incluir sempre um botão ou link no e-mail que reencaminhe diretamente para a página desejada. 

Redes Sociais

As redes sociais são um ótimo meio para partilhar storytelling. Afinal, permitem conectar-se com o seu público, conversar com os seus seguidores e criar um sentimento de comunidade em prol das histórias. A própria dinâmica destes meios, ajuda a disseminar a mensagem de forma rápida e gratuita. Cada história pode ser partilhada vezes sem conta, ter uma grande exposição e chegar a um número muito maior de pessoas que podem querer participar nas suas iniciativas sociais. 

Plataformas de vídeo

Como os vídeos usam imagem, som e movimento, o público consegue experienciar as histórias de forma sensorial e criar maior empatia com os seus protagonistas.  Este é o formato mais apelativo para a utilização do storytelling de impacto social e também o mais popular. Entretanto, precisa de um maior investimento na produção da história. Partilhe os seus vídeos em plataformas como o YouTube para conseguir maior exposição (tem mensalmente cerca de mil milhões de utilizadores). 

Como avaliar os resultados do storytelling

Para saber se o seu storytelling de impacto social está a ter os resultados previstos é importante avaliar o seu progresso.  

Ainda antes de criar a história, defina os objetivos que pretende obter com a sua partilha. Quer aumentar a visibilidade da causa? Aumentar o número de doações? Mais seguidores nas redes sociais da OSC?

É importante criar um documento com todas as métricas e KPIs definidos para cada storytelling. Além disso, é importante avaliar, ao longo do tempo, se estes índices são cumpridos ou se é necessário ajustar a história para melhorar o seu desempenho. 

Aproveite as ferramentas de medição disponíveis nas redes sociais, plataformas de vídeo e no Google Analytics para retirar alguma dessa informação e conseguir atingir melhores resultados, no futuro.

Se tem dúvidas sobre a melhor forma de traçar metas e objetivos para a sua OSC, leia o nosso artigo Como a sua ONG pode divulgar as suas ações e angariar recursos durante e após a Pandemia. Perceba como o planeamento organizacional o pode ajudar a criar a melhor estratégia e conseguir os melhores resultados, mesmo durante esta fase dominada pelo Covid-19.

Share via
Copy link
Powered by Social Snap
Close Bitnami banner
Bitnami