Programa-de-aceleração-de-Impacto-Social
Conteúdo para empresas

Programa de Aceleração de Impacto Social: a (r)evolução na Responsabilidade Social da sua empresa

Novos tempos implicam novas exigências para as empresas. Uma dessas exigências, com grande impacto na reputação da marca e na forma como o negócio é percebido pelos investidores, é a forma como gera transformações na sociedade. Para atingir essa meta é importante compreender como estruturar um Programa de Aceleração de Impacto Social que pode elevar os seus negócios a um papel de destaque.

De acordo com uma pesquisa da Edelman, 75% dos colaboradores acreditam que uma empresa pode implementar medidas específicas que aumentem os lucros e, em simultâneo, melhorem as condições económicas e sociais da comunidade em que opera. É nesta premissa de valor compartilhado que está a génese do Programa de Aceleração. 

Quer saber mais sobre o conceito de Valor Compartilhado? 

Então, oiça o nosso ‘podcast’ realizado em parceria com o Instituto GESC! Nessa Conversa de Impacto, que conta com a participação de Silvia De Tommaso, empresária, professora e consultora em gestão empresarial, falamos sobre como alinhar o progresso económico com o social e o ambiental:

Neste caminho inovador para a Responsabilidade Social, o papel ocupado pela empresa ao longo dos anos foi-se transformando e, de “doadora” a organização passou a ser “mentora”.

Isto significa que, em vez de contribuir para necessidades pontuais com doações e ajudas direcionadas a públicos vulneráveis, a organização passa a atuar como mediadora de uma transformação profunda na maneira como a sociedade e os projetos se veem e se posicionam no mercado. 

O resultado está à vista: colaboradores mais envolvidos, mais visibilidade para a marca, desenvolvimento do mercado-alvo da empresa e a  construção de relações duradouras e transformadoras entre organizações e sociedade. 

De seguida, vamos explicar como alcançar estes resultados com um Programa de Aceleração de Impacto Social e como implementá-lo no seu negócio. 

Explicando o conceito: o que é um programa de aceleração?

Um programa de aceleração é um projeto focado em — como o próprio nome indica — acelerar o crescimento de iniciativas, instituições e ações. 

Resumidamente, o seu objetivo é impulsionar o amadurecimento de negócios, para que passem do “early stage” (nome dado à fase inicial de um investimento) e alcancem um nível de maturidade mais sólido e capaz de multiplicar as suas oportunidades no mercado. 

Para isso, os programas de aceleração investem em mentorias, workshops, capacitação e trocas de conhecimento. Por serem dinâmicos, intensos e altamente focados na realidade do mercado, os programas de aceleração desenvolveram-se e ganharam espaço no segmento das startups. 

A metodologia que segue para promover o crescimento e desenvolvimento gera um, reconhecido, impacto positivo nos negócios: estudos indicam que as startups que se formaram em programas de aceleração têm uma taxa de sobrevivência cerca de 23% maior do que outros novos negócios.

Como aplicar os princípios do programa de aceleração para gerar impacto social? 

Capacitar, impulsionar, amadurecer. Estes são alguns dos princípios-chave de um programa de aceleração. Aplicados às iniciativas que geram impacto social na sua empresa, podem revolucionar a forma como o seu negócio e a sua equipa de colaboradores se relacionam com os públicos alvo. 

Sabemos como é complexo o processo para a realização de ações de Responsabilidade Social nas empresas. Em muitos casos, o desafio está em encontrar projetos com um propósito alinhado ao da empresa, noutros, o esforço concentra-se na criação de uma relação saudável de cooperação, sem dependência entre as partes. 

Com um Programa de Aceleração de Impacto Social, empresas e instituições sociais (ou projetos) vão dar um passo rumo à construção de uma relação madura de entreajuda. A empresa fornece o suporte e o conhecimento especializado necessário para o desenvolvimento da iniciativa e, em troca, ganha reconhecimento da sua marca e fortalece a sua estratégia empresarial.

E não paramos por aqui! Há, ainda, outros benefícios para as organizações que incorporam este programa às suas estratégias de Responsabilidade Social, como vamos explicar no próximo tópico. 

Porque deve a sua empresa apostar num Programa de Aceleração de Impacto Social?

Transformação mútua 

Diferente de uma ação pontual de responsabilidade social, muitas vezes realizada de forma automática pelos colaboradores da empresa, o Programa de Aceleração de Impacto Social tem a transformação mútua no seu DNA. 

Todo o processo é desenvolvido para envolver verdadeiramente as partes, estimulando a partilha de experiências e a construção de novas formas de existir, tanto para o projeto apoiado, como para a empresa e cada participante do programa. 

Esta é uma verdadeira estratégia em que todos ganham: é positiva para a empresa e para os seus colaboradores, para a sociedade e para todos os projetos apoiados. 

Aplicação prática do S de ESG

Muitas empresas já perceberam que é urgente implementar uma estratégia de ESG na sua rotina (se não conhece este conceito, leia o nosso artigo sobre os indicadores ESG com todas as informações sobre o assunto). 

Estes princípios, relacionados a aspetos Ambientais (Environmental), Sociais (Social) e de Governança (Governance) são cada vez mais determinantes para assegurar o desenvolvimento do seu negócio, tanto do ponto de vista do mercado, como comercial: 

  • 90% dos investidores institucionais globais ponderam não investir se as empresas não seguirem os critérios ESG no seu modelo de negócios;
  • 83% dos consumidores acreditam que as empresas só devem ter lucro se também produzirem impacto positivo. (Zeno 2020)

Apostar no Programa de Aceleração de Impacto Social é uma forma de colocar em prática o S da ESG, fortalecendo a estratégia empresarial e mantendo a organização competitiva diante das novas tendências de posicionamento estratégico. 

Impacto positivo na perceção da marca e no seu valor de mercado

Já sabemos que as empresas que se posicionam a favor de iniciativas de impacto social têm uma melhor avaliação dos seus públicos alvo. 

Mas é importante perceber, também, que a sociedade está atenta às empresas que utilizam a responsabilidade social como um mero protocolo e não tentam implementar a ideologia e propósito das ações realizadas.

Com o Programa de Aceleração de Impacto Social, todos os elementos da organização conseguem vivenciar o impacto. Afinal, os colaboradores são os agentes de mudança que capacitam e partilham as suas competências com os projetos acelerados. 

Os efeitos de um processo verdadeiramente transformador ecoam por toda a sociedade: de acordo com uma pesquisa da Accenture, a nível global, 63% dos consumidores preferem comprar produtos e serviços de empresas que têm um propósito que reflete os seus próprios valores e crenças e evitam comprar em empresas que não o façam.

Além disso, as marcas que têm como objetivo melhorar a qualidade de vida dos seus stakeholders superam o desempenho do mercado de ações, em 120%.

Novos caminhos para a aquisição de talentos 

É importante que as empresas tenham em mente que as comunidades envolventes são potenciais fontes de mão de obra qualificada. Este é, aliás, um dos caminhos para gerar valor compartilhado, ou seja, desenvolver as comunidades locais para que possam contribuir para o desenvolvimento da empresa. 

Assim, ao apostar num projeto local para o programa de aceleração, as empresas aproximam-se dos seus potenciais colaboradores, criando uma forma muito mais efetiva de captar talentos e incorporá-los na sua organização. 

Como estruturar um Programa de Aceleração de Impacto Social benéfico para as empresas e para a sociedade? 

Agora que conhece os principais conceitos e vantagens do Programa de Aceleração de Impacto Social para a sua organização, vamos explicar, passo a passo, como estruturar essa estratégia no seu negócio:

1. Comunique o programa aos públicos alvo

A primeira etapa fundamental para a implantação do Programa de Aceleração de Impacto Social é comunicá-lo ao público. Aqui, destacamos os colaboradores e a comunidade envolvente à empresa como principais alvos. 

Dica para comunicar o programa ao público interno da empresa: é importante que a sua equipa acompanhe o desenvolvimento do projeto e sinta que faz parte, desde o início. Assim, estimule a troca de ideias e contribuições por parte dos seus colaboradores na construção do programa. Utilize ferramentas como o mural social e os canais de comunicação interna para propor debates e ajudar a criar em conjunto o programa na empresa. 

Dica para comunicar o programa à sociedade: explore ferramentas digitais para promover o seu programa de aceleração. Crie uma página para divulgar o programa, utilize as redes sociais como aliadas e faça com que a novidade chegue a todos os públicos alvo! 

2. Utilize editais e convocatórias para captar projetos e instituições que querem crescer

O sucesso do programa de aceleração depende de dois fatores: a disponibilidade da empresa para ajudar e a vontade do projeto em ser ajudado. Para sintonizar as duas partes, faça convocatórias e editais que promovam a inscrição de iniciativas interessadas. 

Dessa forma, a empresa pode realizar uma curadoria e encontrar aquelas que melhor se alinham aos seus princípios. 

3. Convoque os seus colaboradores para se voluntariarem e ajudarem a capacitar

Os projetos já estão escolhidos? Então é hora de dar início à aceleração! Para isso, a empresa pode investir nos seus talentos internos: equipas de voluntários com competências úteis para as necessidades da instituição que se disponibilizam para capacitar e partilhar experiências — o voluntariado de competências na prática! 

4. Apoie e estimule a continuidade dos projetos com campanhas internas e externas de angariação de fundos 

A intenção do Programa de Aceleração de Impacto Social é que os projetos apoiados desenvolvam competências para se desenvolverem autonomamente, após a intervenção. No entanto, é muito comum as iniciativas apoiadas não terem capacidade financeira ou recursos para iniciar esta nova fase. 

Assim, as empresas mentoras podem ajudar os participantes ao realizar campanhas, como crowdfundings e leilões solidários, para angariar fundos e convertê-los em materiais e equipamentos essenciais para a continuidade dos trabalhos que foram iniciados com o projeto de aceleração.  

Porque precisa de uma ferramenta integrada para gerir o seu Programa de Aceleração de Impacto Social? 

Já deve ter percebido que um bom Programa de Aceleração de Impacto Social exige uma grande articulação de iniciativas por parte da empresa. Mas promover todas as etapas acima descritas não significa, necessariamente, que tem que ter uma equipa numerosa, diferentes sistemas de gestão ou um orçamento elevado. 

É possível realizar toda a implementação do Programa de Aceleração de Impacto Social numa só ferramenta, que integra todas as etapas do processo, facilitando a sua gestão e permitindo que a empresa acompanhe os resultados de cada fase, de forma detalhada. 

Transforme realidades com a ajuda da plataforma esolidar

A sua empresa está pronta para se tornar agente de transformação de realidades? Então comece o seu Programa de Aceleração de Impacto Social com a ajuda da esolidar! 

A nossa plataforma oferece todas as funcionalidades necessárias para aplicar as 4 etapas do programa, envolver os seus colaboradores, impulsionando projetos sociais através da partilha de competências e promovendo iniciativas de angariação de fundos para a continuidade das ações.

Quer iniciar esta jornada de impacto? Entre em contacto com a nossa equipa comercial. Vamos agendar uma conversa para entender as necessidades da sua empresa e apresentar-lhe as ferramentas adequadas para viabilizar a sua estratégia!

Share via
Copy link
Powered by Social Snap
Close Bitnami banner
Bitnami