Case-study-de-sucesso-Crowdfunding-G10-Favelas
Pessoas que fazem o bem

Case de sucesso: Crowdfunding G10 Favelas

Durante a pandemia causada pelo coronavírus, o G10 Favelas lançou uma série de campanhas de crowdfunding utilizando a plataforma eSolidar para ONGs. O objetivo desta ação era ajudar comunidades brasileiras. O resultado? Um sucesso que deu o que falar por todo o mundo!

G10 Favelas – uma nova forma de olhar para as comunidades brasileiras

O G10 Favelas é um bloco de líderes e empreendedores de Impacto Social das favelas que uniu forças para fomentar o desenvolvimento econômico e social dessas áreas urbanas e o protagonismo das comunidades.

Inspirado no grupo de países ricos do G7, o G10 Favelas realiza encontros regulares e possui termos de cooperação para que exista um acompanhamento das ações propostas, uma análise de dados e medição do real impacto social e crescimento gerado pelo grupo e pelos seus parceiros. 

O objetivo do G10 Favelas é inspirar o Brasil a olhar para as favelas como grandes pólos de negócios, atrativo para investimentos, e transformar a exclusão em empreendimentos de Impacto Social de sucesso. A meta principal do G10 não é captar doações ou patrocínios, mas investimentos que gerem retorno para quem investiu e, ao mesmo tempo, desenvolvimento econômico das comunidades.

O impacto da pandemia nas favelas brasileiras

A chegada da pandemia ao Brasil, teve um efeito devastador e transformou as suas maiores cidades em epicentros da doença. Em pouco tempo, o número de casos explodiu de tal forma que o país passou a ocupar o segundo lugar do ranking de casos de covid-19, a nível mundial.

Um dos fatores que mais contribuiu para este desfecho é a disparidade social que existe no Brasil. O país tem um enorme número de pessoas que vivem em favelas, onde a pobreza foi sempre um problema grave, mas com a pandemia ganhou proporções devastadoras. 

Muitas pessoas que vivem em zonas mais pobres, onde as condições higiênicas não são favoráveis para a contenção de um vírus, arriscam as suas vidas expondo-se nas ruas ao tentar arranjar dinheiro para pagar as suas contas e alimentação. 

Crowdfunding para ajudar as favelas brasileiras 

Quando em março o número de infectados começou a subir em Paraisópolis, na zona sul de São Paulo, o presidente do G10 Favelas, Gilson Rodrigues, decidiu agir e organizar um grupo de voluntários para fazer máscaras, transformar escolas e ginásios do bairro em enfermarias, contratar uma ambulância disponível 24 horas por dia para esse bairro e ajudar os moradores desempregados que precisam de ajuda financeira. 

Para poderem financiar estes e outros projetos semelhantes, foram criadas campanhas de crowdfunding na eSolidar. Até o momento, foram criadas pelo G10 Favelas 34 campanhas para arrecadar recursos para ajudar as comunidades de várias regiões do Brasil, pagar os custos da ambulância, enfermarias, brigadas e socorristas, comprar máscaras ou adotar uma diarista que perdeu o seu emprego em virtude do Covid e é o sustento da sua família. 

Estas campanhas estão sendo um sucesso e receberam, até, atenção da imprensa mundial, com notícias em países como os Estados Unidos e o Japão. Até agora, as campanhas de crowdfunding tiveram mais de 3 926 doações e o G10 conseguiu arrecadou cerca de R$859.621,00 para ajudar as favelas do Brasil. 

Este é um ótimo exemplo de como é possível fazer o bem, mesmo em tempos de pandemia.

Venha conhecer estes e outros projetos que ajudam pessoas e geram impacto social, na eSolidar.

Share via
Copy link
Powered by Social Snap
Close Bitnami banner
Bitnami