A cadelinha que batizaram de Dalila

“A cadelinha, que mais tarde batizamos de Dalila, foi abandonada em muito mau estado, à porta do abrigo da ALAAR – Associação Limiana dos Amigos dos Animais de Rua. Os voluntários recolheram-na imediatamente.
Abrigada com os restantes patudos, a Dalila foi diagnosticada, dias mais tarde, com esgana – uma doença altamente contagiosa que lhe roubou a vida e a de alguns dos nossos amigos.
Tristemente, 13 dos nossos patudos não resistiram à doença, apesar de ter sido feito tudo o que estava ao nosso alcance. E, a dada altura, ficamos sem mãos a medir com mais 11 adultos e 1 bebé com sintomas… (more…)